VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHO!!!

PRECISANDO DE AJUDA ENTRE EM CONTATO!!!

(34) 9244-8208

   
     
6 de Julho - PF apreende 2 fuzis, munição e 550 kg de maconha em Simão Dias/SE Aracajú/SE –...
6 de Julho - Preso por tráfico, Karl Max aceitava até cartão de crédito Ex-estudante vendia suplementos...
10 de Junho - NASCE “ALCOÓLICOS ANÔNIMOS” No dia 10 de junho de 1935, o Dr. Bob tinha agendada uma...
3 de Junho - Em ascensão na Flórida, nova droga sintética ´flakka` faz usuários enlouquecerem...
 
8 de Maio Sem Tabaco, 100% Fashion

Centro de Câncer de Brasília faz campanha ´Sem Tabaco, 100% Fashion`   

Escolha a vida. É esse lema que estampa as camisetas da campanha Sem Tabaco, 100% Fashion. Em 2013, o projeto do Centro de Câncer de Brasília - Cettro celebra 10 anos. Uma década lutando contra a epidemia do tabaco. Dependência que é apontada como a principal causa evitável de morte no mundo e atualmente é responsável pelo óbito de um em cada 10 adultos.

Este ano, o Cettro traz apoio internacional, com camiseta criada pelos estilistas italianos Fabio Sasso e Juan Caro, da marca Leitmotiv. Juan Caro ressalta que a inspiração da t-shirt nasceu da ideia de criar uma camiseta com uma mensagem bastante importante, que é não fumar. "Esse projeto social é muito interessante, pois mostra como a moda pode contribuir e lançar uma mensagem. Nas camisetas, estampamos o tigre como símbolo de coragem e os pássaros de liberdade", diz.

O especialista Dr. Murilo Buso, comandante do movimento, aponta que a campanha tem como foco adolescentes e mulheres. "Para os jovens é necessário dizer: não acendam o primeiro cigarro, fashion é não fumar. Já as mulheres, que fumam cada vez mais cedo, precisam compreender que além dos riscos aos quais todo fumantes se expõe, estudos mostram que elas têm mais dificuldade em abandonar o cigarro", disse. 

Maria Thereza Laudares atuou como consultora de moda da campanha e intermediou a escolha dos estilistas. Maria Thereza conta que a dupla trabalha na marca Leitmotiv a cor, alegria e essa forma positiva de afrontar a vida. Essa identidade casou com a campanha. "Na camiseta, temos a frase Choose life, ou seja, escolha a vida. Essa é a ideia, escolher a vida a qualquer outra coisa", explica.

Disponível a venda a partir do dia 28 de maio, na loja Avanzzo, a camiseta traz referências do mundo lúdico e pictórico da marca. "Ao fundo, temos um desenho de um tigre, que vem sendo trabalhado na moda. Além de todos itens estampados que remetem a nova coleção dos estilistas", finaliza.
Autor:
OBID Fonte: GPS Brasilia


 
1 de Maio Uso de drogas começa pelo álcool

O Diário
Consequências do Álcool: afeta mecanismo cerebral de tomada de decisões. 

Quanto mais cedo uma criança passa a ingerir álcool, maior é o prejuízo para o seu desenvolvimento cerebral e cognitivo, pois a substância afeta a área relacionada à tomada de decisões. Mais do que isso, o levantamento revela que os estudantes que usaram álcool demonstraram ter uma probabilidade até 16 vezes maior de uso de outras drogas. “Existe muita informação errada em relação às drogas em geral; inconscientemente passa-se a mensagem de que o álcool não é droga.

O que acontece é que o “lobby” do cigarro e o da bebida são muito fortes. Por isso se passa uma má impressão de que realmente o grande problema é a maconha, quando na realidade não é”, explica o professor de Psiquiatria Dagoberto Hungria Requião, do curso de Medicina da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). Há vários fatores que incentivam o consumo de álcool por adolescentes, segundo artigo dos pesquisadores Sérgio Duailibi e Ronaldo Laranjeira, do Instituto Nacional para Políticas Públicas do Álcool e Drogas do Departamento de Psiquiatria da Unifesp.

Entre eles, a propaganda direcionada a esse público, a disponibilidade da bebida em locais de fácil acesso, como postos de gasolina, e promoções do tipo open bar (com bebida liberada a partir do pagamento de entrada). No caso do álcool e do cigarro, que são substâncias legalizadas, mesmo havendo leis que proíbam a comercialização a menores de 18 anos, os adolescentes acabam tendo acesso a ambos. Além disso, o preço é baixo: com R$ 5,00 é possível comprar uma caixa de cigarros e uma dose de cachaça em um bar de rua.

Outro fator que contribui para o consumo é a aceitação dentro de casa. “Festa de um ano de criança tem bebida? Tem a pretexto de servir aos pais. É nesse tipo de festa que ocorrem os primeiros usos, sob o olhar complacente ou sob a ignorância dos pais”, diz o psiquiatra Carlos Salgado, conselheiro da Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas (Abead).

André Soares Saba, Psicólogo e Presidente da Casa do Oleiro Especializando em Dependência Química pela UNIFESP
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)


 
25 de Abril Concurso com tema ´Drogas e Direitos Humanos"

Até o dia 10 de maio estão abertas as inscrições para o XII Concurso Nacional de Monografia, realizado pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (SENAD), do Ministério da Justiça (MJ), e o Centro de Integração Empresa/Escola (CIEE). 

Com o tema “Drogas e Direitos Humanos”, a seleção é voltada para estudantes universitários matriculados em cursos de graduação das instituições de Ensino Superior reconhecidas pelo Ministério da Educação.

Com o objetivo de promover o envolvimento da comunidade acadêmica, em especial os alunos de graduação, em ações relacionadas à prevenção do uso de drogas, o concurso premiará os três melhores trabalhos em nível nacional. Os prêmios no valor de R$ 6 mil, R$ 4 mil e R$ 3 mil serão destinados, respectivamente, ao 1º, 2º e 3º colocado. Todos os trabalhos vencedores também receberão certificados. A avaliação das monografias será feita por uma comissão julgadora constituída por profissionais de diversos órgãos e entidades públicas ou privadas, sem ônus, designados pela SENAD e pelo CIEE.

A inscrição é gratuita e só será efetivada mediante o envio do trabalho (cópias impressas e em CD ou DVD), juntamente com a ficha de inscrição e a declaração de matrícula do concorrente para o endereço da SENAD. O resultado da seleção será divulgado no prazo mínimo de 30 dias após a homologação da comissão julgadora e estarão disponíveis no portal do Observatório Brasileiro de Informações sobre Drogas (OBID) e na página da SENAD.

Além do concurso de monografias, a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas também está promovendo um concurso de cartazes, fotografias, vídeos e jingle com o tema “A Educação na Prevenção ao Uso de Drogas”. A iniciativa tem o objetivo de incentivar a participação dos diferentes níveis estudantis em atividades culturais de valorização da vida e estimular a mobilização e o engajamento da sociedade nas atividades relacionadas à prevenção do uso de drogas. As inscrições também estão abertas ate o dia 10 de maio. Os regulamentos e as fichas de inscrição dos concursos estão disponíveis nos sites e www.obid.senad.gov.br.
Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)


 
17 de Abril Cocaína escondida em calabresa

Idoso tenta entrar em cadeia feminina com cocaína escondida em calabresa


Aposentado, de 72 anos, foi preso quando levava drogas para a namorada.
Suspeito também escondeu porções de maconha em saco com farinha.


Um idoso de 72 anos foi preso em flagrante na manhã desta quinta-feira (11) quando tentava entrar na cadeia feminina de Franca (SP) com 10 porções de cocaína escondidas dentro de uma linguiça calabresa. O aposentado também escondeu duas porções de maconha em um saco com farinha de aveia. Segundo a Polícia Civil, o homem entregaria as drogas para a namorada, de 53 anos, presa no local.


O delegado Djalma Donizete Batista, responsável pela Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise), classificou a atitude do idoso como "inusitada", apesar de ser corriqueiro o fato de alguns visitantes tentarem entrar nos presídios com drogas escondidas nas roupas e objetos.


"Cocaína escondida em linguiça eu não me lembro de ter visto. Certas pessoas usam a criatividade para conseguir passar droga para os presos, mas quase nunca dá certo", disse Batista, explicando que um agente penitenciário identificou as drogas escondidas na comida. O aposentado foi preso e conduzido para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Franca.


A namorada do idoso também prestou depoimento e continuará presa na cadeia feminina da cidade. Além de cumprir pena por tráfico de drogas - crime pelo qual já está presa - também responderá por associação ao tráfico.


 


 
Primeira Anterior 25 26 27 28 29 30 31 Próxima Última
Copyright © 2010 DependenciaQuimica.inf.br
Todos os direitos reservados