VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHO!!!

PRECISANDO DE AJUDA ENTRE EM CONTATO!!!

(34) 9244-8208

   
     
12 de Maro - Anvisa abre Consulta sobre advertência na parte frontal de cigarros   A Agência Nacional...
12 de Maro - Maconha diminui chances de jovem conseguir diploma Segundo novo estudo, adolescentes que consomem a droga diariamente...
27 de Fevereiro - A Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira (24), o projeto de lei do Senado que tipifica como...
27 de Fevereiro - PRF apreende cerca de 10 toneladas de maconha em carreta na Régis Droga estava prensada em tijolos e escondida...
 
10 de Março Estádios da Copa terão proibição contra fumo

Estádios da Copa terão proibição contra o fumo nos eventos de 2013 e 2014   

A FIFA e o Comitê Organizador da Copa do Mundo-2014 anunciou nesta quinta-feira, em entrevista coletiva no Rio de Janeiro, que será proibido fumar nos jogos da Copa das Confederações deste ano e da Copa do Mundo de 2014.

Será a primeira vez que isso acontecerá em eventos esportivos disputados no Brasil. A decisão foi referendada pelo Board do Comitê Organizador Local (COL-2014) do Mundial, em conjunto com a Fifa.

- Será uma Copa sem fumo. O uso do tabaco pode prejudicar as pessoas no estádio. E não tem nada pior do que a pessoa fumando na sua frente nos estádios. Não será permitido fumar dentro dos estádios na Copa das Confederações e na Copa – disse Valcke, lembrando que esse tipo de proibição já foi adotada em outras ocasiões pelo organismo que controla o futebol mundial.

Com a proibição, a Fifa espera garantir um ambiente saudável aos torcedores que acompanharem as partidas dos dois importantes torneios em suas respectivas arenas.

- A Fifa reconhece que o uso e a exposição indireta ao fumo são prejudiciais e apoia os esforços globais da OMS com o genuíno interesse de promover a saúde e a segurança - completou o dirigente, que veio ao Brasil para se reunir com integrantes do COL, no Rio, onde discute problemas e avanços da preparação do País para a Copa das Confederações e a Copa de 2014.

Desde a Copa do Mundo-2010, na África do Sul, a Fifa voltou a adotar a medida, depois de ter sido duramente criticada por entidades como a União Internacional Contra o Câncer, por haver permitido fumar em estádios no Mundial anterior, em 2006, na Alemanha.

Em 2002, a Fifa havia assinado um acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) para adotar a proibição de fumar nos estádios do Mundial disputado naquele ano na Coreia do Sul e no Japão, mas não havia renovado a parceria para 2006 por pressão do governo alemão - que recolhe altas taxas de companhias de tabaco - e do comitê organizador local Alemanha-2006.

Segundo a Parceria Global Livre do Fumo, uma aliança dedicada a promover a política antitabagismo pelo mundo, mais de 5 milhões de pessoas morrem anualmente em consequência de doenças ligadas ao hábito de fumar, incluindo crianças de mães fumantes.
Autor:
OBID Fonte: Agências de Notícias


 
6 de Março Advertência sobre drogas em livros

Projeto exige advertência sobre álcool e outras drogas em livros didáticos   

Agência Câmara
Projeto em tramitação na Câmara obriga o Poder Público a determinar a inserção de advertência nos livros didáticos distribuídos à rede pública de ensino para alertar crianças e adolescentes sobre os malefícios de bebidas alcoólicas, cigarros e drogas.

A medida está prevista no Projeto de Lei 4535/12, do deputado Wellington Fagundes (PR-MT).

Para justificar a medida, o autor cita pesquisa realizada em 2009 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) com adolescentes do 9º ano do ensino fundamental. De acordo com a Pesquisa Nacional da Saúde do Escolar (Pense), 24,2% dos estudantes ouvidos revelaram já ter experimentado cigarro pelo menos uma vez. A Pense também mostrou que 71,4% já haviam experimentado álcool alguma vez e 8,7% algum tipo de droga ilícita.

“A fase da infância e adolescência é um período de grande vulnerabilidade do indivíduo, fase de muitas descobertas, da busca de aceitação pelos grupos sociais, dentre outros fatores”, argumenta Fagundes. “Portanto, essa fase é muito propícia à experimentação do consumo de cigarros, bebidas alcoólicas e outras drogas”, completa o autor.

Segundo a proposta, as mensagens de advertência e as imagens ilustrativas a serem inseridas no material didático serão definidas em regulamento posterior.

Tramitação
O projeto tramita em conjunto com o PL 4468/12, que tem caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Educação e Cultura; de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.


Fonte: Site Antidrogas


 
3 de Março Internação compulsória será debatida no DF

Internação compulsória para dependentes de drogas será debatida no Distrito Federal   

R7
Câmara Legislativa e OAB vão realizar audiências públicas sobre o tema

A CLDF (Câmara Legislativa do Distrito Federal) e a OAB-DF (Ordem dos Advogados do Brasil) vão debater a internação compulsória para dependentes químicos no Distrito Federal em audiências públicas. O assunto foi eleito como uma das prioridades durante reunião entre o presidente da CLDF, deputado Wasny de Roure (PT), e o presidente da OAB-DF, Ibaneis Rocha, na manhã desta quinta-feira (28), na sede da Ordem. 

Para Wasny, a internação compulsória é um tema caro à sociedade. 

— O uso de drogas como o crack é uma situação mais próxima da gente do que imaginamos. 

Para enriquecer o debate sobre a internação compulsória, o presidente da OAB-DF sugeriu que sejam convidados para a audiência especialistas da UnB (Universidade de Brasília) e representantes dos governos do Rio de Janeiro e São Paulo, estados onde a política está em implementação. 

Os dirigentes concordaram ser preciso construir uma agenda comum para os dois órgãos e se comprometeram a formar uma comissão para definir os dez itens prioritários a serem debatidos. 

Fonte:ABEAD(Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas)


 
26 de Fevereiro Pé de maconha de três metros

Pé de maconha de três metros é apreendido em casa de médica no sul de Minas Gerais


A Polícia Civil mineira apreendeu um pé de maconha com aproximadamente três metros de altura na casa de uma médica que reside na cidade de Pedralva (457 km de Belo Horizonte).


De acordo com o investigador Claudinei de Oliveira, a polícia recebeu uma denúncia anônima sobre a existência da planta na casa da mulher, que não teve o nome revelado, e, em seguida, obteve uma amostra de folha do pé. A polícia não informou como conseguiu a amostra.


Na quarta-feira (20), os policiais foram até a casa dela e fizeram a apreensão da planta, que foi levada para a delegacia da cidade, juntamente com a médica, que teria alegado ser apenas usuária da droga.


"Ela atendeu a gente de maneira cordial, colaborou o tempo todo. Ela afirmou que era usuária e teria jogado uma ‘btuca’(cigarro) no quintal, e o pé nasceu depois disso. Ela afirmou que tinha ciência do fato, mas deixou (o pé) crescer", disse o policial civil.


O investigador disse que foram encontrados cigarros de maconha na casa, além de um aparelho para moer as folhas e sementes da planta. De acordo com a polícia, a médica trabalha em unidade de saúde da cidade. Ela foi ouvida e liberada, sendo que um inquérito foi instaurado para investigar o caso.


Fonte: Site Antidrogas


 
Primeira Anterior 25 26 27 28 29 30 31 Próxima Última
Copyright © 2010 DependenciaQuimica.inf.br
Todos os direitos reservados